Logo
Logo Logo Logo

Noticías

Cade aprova negócio, e Heineken se torna a 2ª maior cervejaria no Brasil

O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou sem restrições nesta segunda-feira (8) a compra da fabricante de cerveja e refrigerante Brasil Kirin pelo grupo holandês Heineken, sem impor restrições.

A aprovação foi publicada em despacho pelo superintendente-geral Eduardo Frade Rodrigues.

Incluindo dívidas, a Heineken informou que pagará 77 bilhões de ienes (cerca de R$ 2,2 bilhões) pela empresa, numa transação que visa aumentar sua presença no mercado brasileiro, o terceiro maior do mundo, fortalecer seu portfólio de marcas e ganhar escala.

Assim ela se torna a segunda maior fabricante de cerveja do país.

A Brasil Kirin, por sua vez foi formada em 2011, quando o grupo japonês anunciou a compra do controle da brasileira Schincariol por R$ 3,95 bilhões, cerca de US$ 2,6 bilhões na época.

Em parecer, o Cade afirmou que a compra da Brasil Kirin pela Heineken "não gera preocupações concorrenciais", citando que a principal rival das empresas, a Ambev, tem participação de mercado de mais de 60%. Além disso, o Cade cita no documento que "a Brasil Kirin não vem se mostrando, nos últimos anos, um grupo capaz de rivalizar com as grandes empresas do mercado, com destaque para a Ambev".

Fonte: Folha.com