Governo vai anunciar medidas para gerar empregos até fim de outubro, diz Rogério Marinho

Segundo secretário, ações serão de estímulo à empregabilidade, buscando o retorno do profissional ao mercado de trabalho depois da demissão

O secretário especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, recebeu na quinta-feira, 12 de setembro, diversas entidades dos setores produtivos do Brasil, incluindo os membros da UNECS – União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços. Representando o presidente Emerson Destro, o superintendente executivo da ABAD, Oscar Attisano, participou do encontro. Entre os vários temas abordados, como as reformas estruturantes e o combate à burocracia, Marinho informou que o governo vai anunciar medidas para gerar empregos até o fim de outubro.

 Segundo o secretário, as ações serão de estímulo à empregabilidade, buscando o retorno do profissional ao mercado de trabalho depois da demissão, com medidas de requalificação e reabilitação.

Concomitantemente, o secretário afirmou que está sendo feito um trabalho na área infralegal em regulamentos, portarias e decretos que depende da ação do parlamento, mas que estão ocorrendo, como no caso das Normas Regulamentadoras (NRs).

Além disso, a secretaria tem quatro grupos de trabalho que estão formatando estudos sobre as regras trabalhistas para apresentar ao Congresso e à sociedade.

Pela UNECS, estiveram presentes, além do presidente da entidade e da CACB, George Pinheiro, o presidente da CNDL, José César da Costa; o vice-presidente da Abras, Maurício Ungari da Costa; o diretor de Relações Institucionais da Abrasel, Newton Garcia; e a diretora de Assuntos Institucionais da Abrasce, Patrizia Xavier.

UNECS

Criada em 2014, a União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços é formada pelas seguintes instituições: Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (Abad), Associação Brasileira de Shopping Center (Abrasce), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação Brasileira de Automação para o Comércio (Afrac), Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), Confederação Nacional de Dirigentes e Lojistas (CNDL) e Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB).

A UNECS é responsável por 15% do PIB brasileiro; 65% das operações de crédito e débito no país e pela geração de 22 milhões de empregos diretos.

*Com informações da CACB e Exame

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.