Agenda econômica do governo é abrangente e ousada, diz Mourão

  • Compartilhar
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O presidente da ABAD, Emerson Destro, e demais membros da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços – UNECS participaram na noite de terça-feira (20), no Espaço das Américas, em São Paulo, da 28ª edição do Prêmio Anamaco, promovido pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção. O evento também contou com a presença do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que recebeu das mãos do presidente da Anamaco, Cláudio Conz, o prêmio de Operário Número 1 da Construção, a Pá Dourada, a maior honraria do setor.

Em seu discurso, ele disse que o governo está empenhado em criar as condições para o desenvolvimento sustentável do país. “Já não existem mais mares tranquilos. O mundo mudou e vivemos um momento ímpar na economia. O multilateralismo tem gerado grandes oportunidades e a inserção do nosso país no mercado externo e nas grandes cadeias globais de valor nos obriga a enfrentar o duplo desafio de superar os problemas da gestão econômica que ocorreu, ao mesmo tempo em que temos de nos adaptar à nova realidade da estrutura positiva global, que afeta e condiciona o desenvolvimento futuro da indústria nacional em busca da ampliação do comércio de produtos com maior valor agregado”, observou.

Mourão frisou que os empresários brasileiros convivem com um ambiente econômico arruinado pelas políticas equivocadas de gestões anteriores, que deixaram como legado crise fiscal, desemprego elevado e produtividade estagnada, além de um ambiente de negócios burocrático, defasado e pouco competitivo. Ele também destacou que é preciso retirar, com urgência, o peso da ineficiência das costas de quem investe, emprega e produz. Dessa forma, a competência e a dedicação dos empreendedores e dos trabalhadores serão devidamente recompensadas por esse mercado, cada vez mais integrado e competitivo. Mourão garantiu que o governo está implementando uma agenda econômica abrangente e ousada, que tem conquistado crescente apoio junto à sociedade e ao Congresso.

“Sabemos que o caminho é longo e que nossa missão somente será finalizada quando concluirmos o nosso mandato em 31 de dezembro de 2022. Estou seguro de que teremos dado passos decisivos no sentido do que considero o destino manifesto do nosso País, o de tornar-se a maior, mais vibrante e mais próspera democracia liberal do Hemisfério sul”, destacou.

Na sequência, Claudio Conz lembrou que completa 30 anos de serviços à Anamaco neste mês de agosto e que tem sido motivo de muito orgulho esse trabalho. De um lado, vendo a evolução da indústria, que desenvolvem produtos que viram objeto de desejo dos consumidores. Do outro, as lojas de material de construção, que se reorganizaram e zeram a lição de casa, estão investindo em lojas, em treinamento e transformando os pontos de venda em lugares em que os consumidores encontram produtos e atendimento privilegiado. “Foram 30 anos dedicados a uma causa”, garantiu Conz, que também foi homenageado, recebendo um troféu pelos 30  anos de dedicação à Anamaco e ao setor.

*Com base em informações da Revista Anamaco online

  • Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 I ABAD - Todos os direitos reservados.

Play Video

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos do Covid-19 na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Clique na animação para vizualizar: