Assessorias jurídica e parlamentar detalham ações em prol dos pleitos prioritários do setor

ABAD tem atuado de forma intensa tanto no Legislativo quanto no Judiciário, aproveitando momento político propício para propor mudanças

No domingo (25 de agosto), segundo dia do Seminário ABAD & Filiadas 2019, os presidentes e executivos de filiadas, líderes regionais e coordenadores e a diretoria da ABAD puderam aprofundar o conhecimento em relação aos pleitos prioritários do setor.  Com apoio da assessoria parlamentar Action Relações Governamentais, representada por João Henrique Hummel, e da assessoria jurídica DBA Advogados, representada por Alessandro Dessimoni (coordenador do Comitê Agenda Política), Patricia Fiore, André Blanco e Alberto Dantas, eles obtiveram informações atualizadas sobre o andamento das reinvindicações no Legislativo e no Executivo.

“São muitos procedimentos e ações simultâneos. É de suma importância que todos acompanhem esses passos e possam, além de contribuir para aprimorar os pleitos, cobrar os parlamentares de suas regiões para que votem a favor deles no Congresso”, explica Oscar Attisano, superintendente executivo da ABAD. Para conhecer cada pleito do setor, ACESSE.

Cada pleito prioritário do setor tem como representante um vice-presidente da ABAD:

Juliano Faria Souto – Regulamentação dos Contratos de Distribuição, Enquadramento da Atividade de Representante Comercial e Exclusão de Adicional de Periculosidade para Motociclistas que usam a moto como meio de transporte

Hellton Veríssimo – Comercialização de Medicamentos Isentos de Prescrição – MIP, Hellton Veríssimo

José Luis Turmina – Marco Regulatório de Transporte Cargas Perigosas

Leonardo Severini – Reforma Tributária.

“A ABAD tem atuado de forma intensa tanto no Legislativo quanto no Executivo, e também no Judiciário, aproveitando o momento político propício para propor mudanças, seguindo as orientações da assessoria parlamentar”, esclarece Dessimoni.

Em sua análise sobre o atual momento político e as chances de sucesso dos pleitos do setor, João Henrique afirmou que o setor produtivo nunca teve tanta oportunidade como agora. Segundo ele, o governo tem usado de forma inteligente a comunicação e inaugurou uma nova forma de fazer política.

“O governo está colocando um novo papel para a sociedade, de se organizar e identificar seus problemas. O setor produtivo tem de aproveitar essa oportunidade e buscar soluções melhores. Portanto, é fundamental aprender a levar as reinvindicações aos parlamentares, propondo mudanças nos marcos regulatórios. Só assim vamos reduzir a burocracia e melhorar o ambiente de negócios”, concluiu João Henrique.

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.