Governo define medidas de enfrentamento à pandemia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O presidente da ABAD, Leonardo Miguel Severini, participou de videoconferência a convite do secretário de Desenvolvimento da Indústria, Comércio e Serviços do Ministério da Economia, Jorge Lima, na sexta-feira, 26 de março. Cerca de 70 representantes de entidades do setor produtivo estiveram presentes para discutir medidas de enfrentamento em virtude do agravamento da pandemia no país.

Na reunião, o secretário afirmou que a lista de procedimentos adotados em 2020 será compilada e resumida em 25 ações, que serão encaminhadas às entidades para validação e eventuais sugestões. As soluções envolvem questões tributárias, regulatórias, de crédito e trabalhistas.

Segundo o secretário, várias ações serão anunciadas pelo governo nos próximos dias. “Vamos continuar apoiando o setor produtivo para reduzir os efeitos da crise na economia brasileira. Sabemos que isso é necessário que há setores muito atingidos e outros nem tanto. Por isso, é importante que vocês avaliem as ações e nos digam se estamos no caminho certo”, disse Jorge Lima, que esteve no Encontro de Valor ABAD, em novembro de 2020 (foto).

Há 12 meses, a Secretaria Especial de Produtividade Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (Sepec/ME) realizava a primeira reunião do Comitê̂ de Monitoramento do Setor Produtivo Brasileiro, liderado pelo secretário especial Carlos Da Costa. O trabalho possibilitou o desenvolvimento e a estruturação de força tarefa emergencial para diminuir os efeitos da pandemia da Covid-19 na economia brasileira.

Na época, mais de três mil contribuições do setor produtivo foram recebidas, das quais 1.479 foram implementadas totalmente ou parcialmente ainda em 2020. Como resultado dos trabalhos realizados, foram viabilizados, por exemplo, a oferta de mais de R$ 136 bilhões em volume de crédito para micro, pequenas e médias empresas, de forma a pagar as folhas salariais, manter suas atividades e preservar os empregos.

Para dar continuidade aos trabalhos e, principalmente, ofertar possibilidades aos micros, pequenos e médios empreendedores, para que se mantenham ativos durante esse novo período da pandemia, algumas das forças-tarefas estão sendo remodeladas e atualizadas para apoiar o setor produtivo brasileiro.

Em tempo: no início dessa semana, recebemos do comitê de monitoramento do setor produtivo a lista com as 25 ações para serem avaliadas. CLIQUE AQUI para ver.

*Com informações do portal de notícias do Ministério da Economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos da doença na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Acesse:

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos do Covid-19 na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Clique na animação para vizualizar:

POLÍTICA DE Privacidade: Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação.