ASPA, LIDE e BNB estudam crédito para atacadistas e pequenos varejistas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (ASPA) tem promovido reuniões nos últimos dias com o LIDE Distribuidores e o Banco do Nordeste (BNB), visando consolidar uma parceria que resulte na oferta de linhas de crédito aos seus associados e ao pequeno varejo atendido pelo canal indireto no Estado.

“Queremos estreitar a relação com os atacadistas e seus principais clientes. Temos ampla capacidade operacional e bons produtos a oferecer”, disse o superintendente do BNB em Pernambuco, Pedro Ermírio, durante reunião online no dia 25 de setembro, comandada pelo presidente da ASPA, José Luiz Torres, e com a participação do diretor da associação Fernando Faria, do economista e presidente do LIDE Distribuidores, Ecio Costa, e da executiva do Grupo de Líderes Empresariais de Pernambuco (LIDE), Gisela Pitanga.

Pedro Ermínio já havia participado de uma live realizada pela ASPA, em junho, no qual falou sobre as principais operações de financiamento disponibilizadas pelo BNB e o papel do banco na retomada da economia. Na última reunião foram apresentadas sugestões para a elaboração de um acordo de cooperação entre a ASPA, o LIDE e o BNB, com o objetivo de facilitar o acesso às linhas de crédito do banco para empresas com histórico de crédito positivo, e que estão precisando de apoio para se desenvolver, diversificar os investimentos e gerar novos negócios.

“A ideia é aproveitar o potencial produtivo do nosso setor, capitaneado pela ASPA, e a expertise do BNB no mercado financeiro, para que possamos impulsionar o crescimento tanto dos atacadistas associados como do pequeno varejo local, de 1 a 4 checkouts”, ressalta Torres.

Na reunião, o presidente da ASPA propôs a elaboração de uma cartilha produzida pelo banco, contendo orientações e informações específicas sobre as exigências e procedimentos necessários para a obtenção de linhas de crédito destinadas a associados da ASPA e seus clientes segmentados no varejo de vizinhança.

Entre as propostas levantadas também foi sugerida a criação de um cartão específico de financiamento para o pequeno varejista, como porta de entrada para a relação dele com o banco. “Existe o cartão BNB, que pode ser formatado e adequado para esse fim, visando apoiar principalmente o pequeno negócio atendido pelo canal atacadista”, sugeriu o economista e presidente do LIDE Distribuidores, Ecio Costa.

O diretor Fernando Faria destaca que a participação das associações é importante para, inclusive, ajudar a filtrar as empresas aptas à obtenção de crédito, além de dar credibilidade ao acordo com o BNB. “A Aspa teria como principal papel atuar como intermediária, gerando aproximação entre o banco, os atacadistas associados e o pequeno varejo atendido por essas empresas, fomentando dessa forma uma parceria proativa e agregando valor à ASPA e aos demais parceiros”.

As reuniões que estão sendo sistematicamente realizadas com o BNB e o LIDE devem resultar mais adiante em um convênio, visando à tomada de crédito e incentivo ao desenvolvimento econômico. “Estamos numa fase inicial de entendimentos, com informações preliminares sendo levantadas para que possamos assinar um acordo que seja benéfico para todos os agentes envolvidos”, pontua Torres.

*Com dados da assessoria de imprensa da ASPA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *