Aspa promove live sobre Inteligência Emocional

  • Compartilhar
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A Inteligência Emocional é um dos principais fatores responsáveis pelo sucesso ou insucesso de uma pessoa, tendo em vista que a maioria das situações de trabalho e da vida são envolvidas por emoções e relacionamentos interpessoais. Por isso, a capacidade de reconhecer e entender os próprios sentimentos, aliada à automotivação e ao controle emocional são essenciais para quem busca uma carreira bem-sucedida.

“Se por acaso a sua vida não estiver indo bem, se conecte consigo mesmo e busque dar o seu melhor, sem medir esforços. Tenha autenticidade e não deixe sua própria mente lhe sabotar”, ensinou a psicóloga Arquivânia de Paula, durante live promovida pela Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (Aspa), no dia 21 de maio.

Especialista em Comunicação e Oratória de Alto Impacto, ela ressaltou a importância do otimismo para obter a energia e a determinação necessárias para enfrentar esse período difícil de pandemia. “Manter a saúde mental em dia vai ter impactos positivos não só na sua vida pessoal como também na carreira durante esses tempos incertos”.

A psicóloga elencou algumas atitudes que devem ser praticadas para enfrentar com positividade o distanciamento social. “Não se descuide da sua aparência e mantenha elevada a autoestima; tenha uma agenda diária de afazeres e cumpra as tarefas com prazer e disciplina de horário; faça exercícios físicos; mantenha o contato virtual com seus entes queridos; pratique a gratidão e aproveite o momento para fazer reflexões sobre no que você pode melhorar”.

Arquivânia destacou também a importância de se praticar a empatia como forma de se construir o autoconhecimento emocional. A psicóloga explicou que mais do que se colocar no lugar do outro, exercer a empatia envolve presença e escuta ativa, ouvindo sem julgamentos e dando clareza ao sentimento alheio. “A empatia trata-se, em sua essência, de pessoas e seus sentimentos. E em situações de crise como a que estamos vivendo, em que é comum as pessoas se sentirem mais vulneráveis, demonstrar empatia pode fazer a diferença para essas pessoas”.

*Com informações da assessoria de imprensa da Aspa

  • Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *