Capacitação e conhecimento são diferenciais para vendedores

  • Compartilhar
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print
A capacitação contínua e o entendimento sobre as mudanças que a Reforma Tributária deve trazer são diferenciais para os vendedores que estão no caminho da alta performance. O tema foi abordado durante a palestra “Vendas, Negócio de Campeões”, que reuniu mais de 500 pessoas no workshop e ciclo de palestras realizado pela Associação Mato-grossense de Atacadistas e Distribuidores (Amad) e o Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor do Estado de Mato Grosso (Sincad-MT), nesta segunda-feira (20/01), no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá.

Professor da área comercial, Francisco Carlos apresentou a escala que deve ser percorrida pelos vendedores que visam a alta performance na carreira. “Todo vendedor é dono do seu próprio negócio na empresa, ou seja, é um intraempreendedor. E, hoje, para ser campeão é preciso ter esse mindset”, destacou. 

Outro ponto importante, disse ele, é lembrar que existem sempre duas portas: a que se tem controle e a que não se tem. “Como o caso da chuva, por exemplo. Não temos controle, mas podemos levar um guarda-chuva”, exemplifica. O foco, portanto, deve sempre estar na porta em que se tem controle, pois, assim, os resultados vêm de maneira escalável. 

Segundo o professor, são oito as fases para que um vendedor no início de carreira alcance a alta performance. “Não existe quem saia da primeira e chegue direto na oitava. A pessoa pode passar menos tempo nas fases, mas o mínimo de vivência são seis meses. Outro ponto importante é que, para alcançar esse patamar, é preciso ter seis meses do seu custo fixo por mês em dinheiro”.

Ele explica este conceito considerando que, quem vende muito e gasta muito tem, mensalmente, picos de ansiedade e depressão. “A ansiedade vem no fim do mês, por não bater a meta, e a depressão no começo do mês, pois tem conta para pagar e não tem dinheiro”, diz o professor. “Por isso, treinar é caro para as empresas, mas não treinar é mais caro ainda”, ressalta.

Odimar Benedito, 27 anos, foi promovido e está há apenas dois meses no cargo de vendedor na distribuidora em que trabalha. Ele saiu motivado da palestra. “O que gostei foi a motivação que ele nos deu de querer crescer e vencer. Isso está queimando dentro de mim. Minha intenção é continuar crescendo, por isso já vou começar o curso de Gestão Comercial”, garante ele, que foi um dos sorteados da noite e ganhou uma mochila.

Ao contrário de Odimar, Parisi Juliano, 42 anos, da Casa do Padeiro, tem a experiência de 20 anos a seu favor e a consciência de que ainda pode ser melhor. “Foi muito boa a formação e o Carlão é fantástico. O que me chamou mais atenção na palestra é o que foi dito sobre confiança. Ele tem experiência, mostra exemplos e isso é muito importante para quem vivencia o dia a dia de vendas. Ainda fui agraciado com um celular, estou muito feliz”, declara. 

Para o presidente da Amad, João Carlos Sborchia o tema não pode sair do foco dos empresários. “O mercado está cada dia mais competitivo e a concorrência mais forte. A diferença de um vendedor para o outro, portanto, é o preparo, aprender técnicas de venda, conhecer o produto e ter experiência. A pessoa mais treinada vai ter mais sucesso e o desafio das empresas é manter a equipe motivada. Isso envolve os líderes. Mais que a remuneração, é importante que o líder sempre esteja junto tentando descobrir as dificuldades, indo ao ponto de venda, sendo presente mesmo. Não só dar a meta e cobrar”.

Entre os diferencias para os profissionais, Sborchia sinaliza o conhecimento e atualização da Reforma Tributária. “Não é função orientar tributariamente, mas ele pode dar dicas. Esse relacionamento de confiança é muito importante”, reforça. 

Executivo das instituições, Marcos Taveira destaca a importância da inciativa da Amad e do Sincad para trazer melhorias ao ambiente de trabalho, por meio da capacitação de colaboradores. “Abrimos 2020 com este evento, que além de capacitar, também contribui para a união do setor. Este ano começou conturbado por conta da Reforma Tributária, que muda o que temos de conhecimento há mais de 18 anos. Mas, a máquina de vendas não pode parar, então temos que acelerar esse processo procurando trazer mais conhecimento para a equipe de vendas, pois existe uma concorrência muito grande com os outros estados com a guerra fiscal”, conclui.

O evento também será realizado no interior do estado, nos dias 22 e 24 de janeiro. Confira a programação:


Rondonópolis - 22 de janeiro - Hotel Comfort

Workshop: “Liderança em Tempo de Mudanças para o Atacado/Distribuidor”, com Francisco Carlos

Horário: 08h às 12h

Palestra: “Vendas, Negócio de Campeões”

Horário: 19h às 20h30


Barra do Garças - 24 de janeiro - Hotel Odara

Workshop: “Liderança em Tempo de Mudanças para o Atacado/Distribuidor”, com Francisco Carlos

Horário: 08h às 12h

Palestra: “Vendas, Negócio de Campeões”

Horário: 19h às 20h30


*Com informações e fotos da assessoria de comunicação da Amad

 

  • Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 I ABAD - Todos os direitos reservados.

Play Video

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos do Covid-19 na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Clique na animação para vizualizar: