Programa da ASPA discute logística 4.0 voltada ao setor

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Nos últimos anos, cada vez mais a área de logística no segmento atacadista distribuidor brasileiro tem exigido das empresas alta conectividade entre os sistemas de movimentação de cargas e máxima automatização para o aumento da produtividade e redução de erros nas operações. Para explorar o assunto, o consultor Leonardo Lima – Co-Founder da GTI Plug – ministrou palestra online no Programa de Desenvolvimento e Capacitação da Aspa (PDCA), realizado no dia 22 de maio, sobre o tema “Logística 4.0 e como ela pode impactar sua empresa”.

Com transmissão pelo canal da Aspa no Youtube, o palestrante explicou que o foco da Logística 4.0 é utilizar a tecnologia como a maior aliada no crescimento organizacional e no cumprimento dos objetivos da empresa, contribuindo para o ganho de eficiência operacional. “É um modelo de atuação que incorpora fenômenos tecnológicos – como a Internet das Coisas, Big Data e Inteligência Artificial – e que surgiu na toada da indústria 4.0”, explicou.

De acordo com o consultor – que é especialista nas áreas de inovação, tecnologia e empreendedorismo – a prática se baseia na aplicação dos novos recursos tecnológicos hoje disponíveis, cuja finalidade é diminuir perdas; aumentar a segurança dos processos e viabilizar a desburocratização, entre outras vantagens, visando aprimorar as operações logísticas para obter mais velocidade e redução de custos desde o recebimento das mercadorias até a entrega ao cliente.

“Para que o atacadista distribuidor alcance resultados melhores na operacionalidade logística é necessário contar com um bom planejamento estratégico e com ferramentas e tecnologias que contribuam para proporcionar um melhor controle de todos os procedimentos. Vale salientar, contudo, que é necessário promover a capacitação dos colaboradores e até mesmo uma mudança cultural corporativa para que a empresa se adapte às mudanças tecnológicas aplicadas”, ressaltou Leonardo Lima.

Segundo o consultor, a Logística 4.0 representa uma nova fase em que a logística é superconectada e automatizada e sua aplicação gera um diferencial competitivo para as empresas. “Com as ferramentas adequadas é possível evitar desperdícios, promover prazos menores de entrega e obter otimização de espaços e de custos de estocagem, gerando assim ganhos de produtividade com repercussão positiva no faturamento da empresa”.

Leonardo Lima ressaltou que a Logística 4.0 pode ser vista como uma forma de integração entre os processos de recebimento da mercadoria; movimentação das cargas; armazenagem; separação e transporte, tudo feito de modo mais rápido e seguro, possibilitando acertos no compartilhamento de itens e de informações que são indispensáveis para uma operação eficiente.

Ele apresentou alguns sistemas tecnológicos avançados que podem ser aplicados nas operações de um Centro de Distribuição, e que se enquadram no conceito de Logística 4.0, e disse que com a adoção dessas ferramentas os gestores de logística terão uma visão muito mais abrangente do negócio e serão capazes de tomar decisões mais ágeis e assertivas.

*Com informações da assessoria de imprensa da Aspa

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos da doença na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Acesse:

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos do Covid-19 na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Clique na animação para vizualizar:

POLÍTICA DE Privacidade: Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação.