Super Mix se consolida como uma das maiores feiras do segmento no país

Evento recebeu cerca de 25 mil visitantes, que passaram por 148 estandes ao longo de três dias

Com estandes lotados e confirmando as expectativas de público e de movimentação em negócios, a 14ª feira de negócios Super Mix chegou ao fim na quinta-feira (26), no Centro de Convenções de Pernambuco, tendo recebido público recorde: cerca de 25 mil visitantes, empresários e consumidores passaram por 148 estandes, ao longo de três dias.

A força e a importância dos empreendedores nos setores varejista, atacadista e supermercadista foram exaltadas na solenidade de abertura do evento pelo presidente da Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores (ASPA), José Luiz Torres: “São 14 anos apresentando novidades, e em 2019 temos, além de um aumento no número de expositores e da movimentação financeira, outros eventos paralelos que agregam à Super Mix. Temos a feira de variedades Expobrasil e os fóruns de segurança dos alimentos e do varejo, que acontecerão no último dia da feira. O aumento deste número se dá pelos empreendedores, que são quem trabalha todos os dias para contribuir positivamente para a economia do País”, salientou.

O estreitamento dos relacionamentos profissionais possibilitado pela feira e o papel deste networking na abertura de portas aos novos negócios foram os pontos destacados pelo presidente da Associação Pernambucana de Supermercados (APES), João Alves Cavalcante. “A Super Mix cresce a cada ano, em número de expositores e em negócios. Cada vez mais empresas participam da feira, aproveitando o espaço para fortalecer o relacionamento com os supermercadistas e atacadistas. A Super Mix se consolida como um grande evento para a economia do Estado”, afirmou.

ASPA e APES são as associações realizadoras do evento, que conta ainda com o apoio da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD).

Na solenidade, o vice-presidente da ABAD Hellton Diniz representou o presidente da ABAD, Emerson Destro, e parabenizou as entidades por realizar o evento, destacando a sua importância para a cadeia de distribuição pernambucana e nordestina.

O evento, considerado o maior do segmento no Norte/Nordeste do Brasil, movimentou em torno de R$ 1 bilhão. Para o presidente da ASPA, José Luiz Torres, o resultado da Super Mix em 2019 surpreendeu e segue o esboço de recuperação da economia brasileira após um grave período de crise. “Foi um sucesso absoluto, com expositores bastante contentes com os negócios fechados durante a feira, e também com a perspectiva de parcerias futuras, de outras negociações a serem efetivadas”, ressaltou o atacadista.

A conexão proporcionada entre varejistas de Pernambuco e de outros Estados do Nordeste, como Paraíba, Alagoas e Sergipe, além das parcerias fechadas com representantes de empresas do interior de Pernambuco, estão entre os pontos positivos da feira, na opinião de João Alves Cavalcanti, presidente da APES. “Foi uma edição excelente, com uma tendência de negócios futuros sendo consolidados, de boas negociações”, afirma o presidente da entidade. Ele aponta alguns dos destaques do evento, como os produtos de gêneros alimentícios e as novas tecnologias. “O Mercado Modelo inovou com o serviço de self checkout, enquanto empresas como a Prosegur trouxeram exemplos como o cofre eletrônico, que leva segurança aos estabelecimentos”, destacou.

Fonte: Tribuna do Moxotó e assessoria de imprensa da ASPA

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.