Maia afirma que votará reforma tributária ainda neste ano

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse, em entrevista ao Estadão nesta terça-feira (15), que pretende colocar uma parte da reforma tributária em votação ainda neste ano. De acordo com o deputado, há uma negociação nos bastidores da Câmara para decidir o futuro da Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS), que cria um imposto unificando o PIS e Cofins.

A ideia ainda será discutida com o líder de governo na Casa, o deputado Ricardo Barros (PP-PR), antes de ser levada ao plenário. Segundo Maia, o projeto será divido em quatro fases.

Entretanto, a iniciativa esbarra no tempo para o recesso do legislativo, que começa na semana que vem. Na quarta-feira (16), deputados e senadores vão discutir o texto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021, e a preocupação dos parlamentares é de não haver tempo hábil para a votação da reforma tributária.

Comissão

Em vídeo divulgado na semana passada, o sub-relator e revisor da comissão mista da reforma tributária, senador Major Olimpio (PSL/SP), disse que o grupo vai pedir ao presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre (DEM/AP), a prorrogação dos trabalhos até 31 de março de 2021. Segundo ele, é impossível tentar apresentar um relatório e até a próxima semana fazer uma votação, sem que haja uma discussão ampla com a população, dada a importância da matéria para o país.

Fonte: Estadão.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos da doença na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Acesse:

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos do Covid-19 na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Clique na animação para vizualizar:

POLÍTICA DE Privacidade: Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação.