Nielsen: disparam vendas de alimentos, saúde e limpeza na AL

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Com o crescimento diário dos casos da doença causada pelo novo coronavírus, o consumidor da América Latina correu para comprar itens de Limpeza, Saúde e Alimentos, informou a a Nielsen, em estudo divulgado no dia 25 de março.

A Nielsen compilou dados semanais em todas lojas físicas das grandes cadeias varejistas latinoamericanas e os classificou de duas maneiras: primeiro por cestas de Alimentos, Saúde e Limpeza e depois elencou quais as categorias mais buscadas – dados atualizados até a primeira semana de março.

Em Saúde, o Brasil, que lidera o número de casos na região, registrou alta de 972% nas vendas de 2 e 8 de março, na comparação com a mesma semana do ano passado*. No Chile, o crescimento foi de 145%, seguido por 128% no Peru, 83% na Argentina e 58% no México.

A reposição em Alimentos teve os maiores percentuais no Peru, com crescimento de 357%, na frente de Argentina (+319%), Brasil (+121%), México (+57%) e Chile (+33%).

Já os argentinos foram os que mais compraram na cesta de Limpeza, cujas vendas se expandiram em 76%. No Brasil, a alta foi de 51%, na frente de Peru (+49%), Chile (+26%) e México (+21%).

Categorias

Os brasileiros seguem de maneira ostensiva atrás de álcool em gel. As vendas desses produtos cresceram 2857% até 8 de março, na comparação com o mesmo período do ano passado*. Outros produtos que se destacaram foram utensílios de limpeza (+75%) e cortes de carne congelado (+67%).

No Chile, houve crescimento de 377% nas vendas de álcool gel, 51% em comidas em conserva e 16% em suprimentos de limpeza. No Peru, as maiores procuras foram por álcool em gel (+287%), comidas congeladas (+568%) e limpeza (+35%). Na Argentina, os destaques ficaram para álcool em gel (+203%), sobremesa congelada (+822%) e limpeza (+71%). As vendas de carne congelada na Colômbia aumentaram 358%, enquanto no México o destaque nesta categoria foi de hot cakes e waffles congelados (+31%).

Neogrid

A Neogrid liberou dados para que todos possam acompanhar o índice de ruptura dos produtos nos supermercados diariamente. A empresa recebe informações e monitora mais de 20 mil pontos de venda do varejo e vai abrir dados de 32 categorias que mais faltaram nas prateleiras dos supermercados. Além do índice de ruptura geral e por categoria, o estudo também mostra o aumento de vendas e o volume de estoque no varejo.

Todos podem acessar os dados diariamente pelo LINK que será atualizado periodicamente.

Leia também as reportagens na íntegra no SITE da Revista Distribuição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos da doença na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Acesse:

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos do Covid-19 na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Clique na animação para vizualizar:

POLÍTICA DE Privacidade: Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação.