Atacadistas de MT doam 45 toneladas de alimentos para população vulnerável

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Solidariedade sempre fez parte das ações da Associação Mato-grossense de Atacadistas e Distribuidores (AMAD), mas agora essa atitude é uma arma para o combate ao novo coronavírus (COVID-19).

A AMAD e a empresa associada Pequi Alimentos – empacotadora dos feijões “Da Casa” e “Nova Geração” – doaram cerca de 45 toneladas de alimentos para a campanha Vem Ser Mais Solidário – MT unido contra o coronavírus. A campanha é liderada pela primeira-dama do Estado, Virginia Mendes, em conjunto com a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc).

A entrega das 750 cestas básicas e dos 30 mil quilos de feijão, resultando em 45 toneladas de alimentos, foi nesta quinta-feira (16.04), na Arena Pantanal, em Cuiabá, onde foi montada a base de arrecadação da campanha. De lá, os alimentos serão enviados para famílias carentes e instituições filantrópicas.

“Nossa doação tem a finalidade de ajudar as pessoas mais necessitadas que estão passando um momento muito difícil durante essa pandemia provocada pelo coronavírus”, declarou Sheila Sborchia, presidente da AMAD Mulher, braço social da entidade.

Segundo o presidente da AMAD, João Carlos Sborchia, “mais do nunca é hora de unirmos forças, trabalharmos em conjunto, estendermos as mãos para aqueles que necessitam de apoio. Os atacadistas sempre fizeram a sua parte e vão continuar trabalhando para abastecer esse estado e as casas das famílias que mais precisam”.

Para a secretária-adjunta da Setasc, Patrícia Camargo, que recebeu a doação, os produtos são de extrema importância e irão beneficiar milhares de pessoas. “Não temos nem como contabilizar nesse primeiro momento quantas famílias e pessoas irão precisar desses mantimentos, porque a cada dia chega mais solicitação de ajuda e muitas pessoas que trabalhavam como autônomas não estão conseguindo alimentar suas famílias”, pontuou. Ela agradeceu a AMAD e seus associados e disse que espera que mais pessoas se sensibilizem e façam suas contribuições.

O proprietário da Pequi Alimentos, Anderson Hirano, reitera que nesse momento de crise, o setor empresarial deve se unir para auxiliar a população. “Se cada um fizer a sua parte, vamos conseguir vencer essa batalha. As toneladas de feijão doadas seriam destinadas para farinha de feijão, mas diante dessa urgência alimentar, estamos doando”.

O executivo da AMAD, Marcos Taveira, um dos responsáveis por toda a operação, lembra que o setor atacadista sempre se preocupou com as questões sociais. “Todos os anos fazemos campanhas entre os associados que resultam em grandes doações para dezenas de entidades, beneficiando milhares de pessoas. Nesse momento em que várias famílias estão passando por dificuldades não poderíamos deixar de contribuir”, enfatizou.

A doação dos alimentos, conforme Taveira, deve beneficiar aproximadamente 3 mil pessoas diretamente, além de dezenas de instituições beneficentes que distribuem alimentos prontos para comunidades carentes.

Sobre a Campanha

A campanha do Governo de Mato Grosso está arrecadando doações para ampliar o número de famílias atendidas. Caixas de coletas foram posicionadas dentro dos principais supermercados da região metropolitana de Cuiabá. Um ponto de recebimento da campanha também está instalado na Arena Pantanal.

Quem preferir poderá doar recursos diretamente na conta bancária especial, aberta exclusivamente para isso: Banco do Brasil, agência 3834-2, conta corrente número 1.042.810-0. CNPJ 03.507.415/0009-00. Todas as doações serão revertidas para compra de cestas básicas.

*Com dados da assessoria de imprensa AMAD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos da doença na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Acesse:

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos do Covid-19 na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Clique na animação para vizualizar:

POLÍTICA DE Privacidade: Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação.