Instituto Sindiatacadista doa 1.100 cestas básicas ao Governo do DF

  • Compartilhar
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Na última quarta-feira, 15, o Instituto Sindiatacadista entregou à Secretaria de Economia 1.100 cestas básicas compradas pela entidade após o recebimento das doações em dinheiro da campanha Doar Faz Bem. A demanda foi apresentada pelo secretário da pasta, André Clemente, coordenador do Comitê de Emergência Covid-19, instituído pelo Governo do Distrito Federal em março deste ano.

O grupo é responsável por receber, planejar e coordenar campanhas de arrecadação das doações, bem como elaborar ações a serem desenvolvidas para o enfrentamento da pandemia. São aceitas ajudas diversas, como qualquer quantia em dinheiro, bens móveis e imóveis, serviços, insumos e equipamentos.

Na quinta-feira, 16, o Serviço Fraterno Santa Dulce dos Pobres, uma ação do Santuário São Francisco de Assis com outras paróquias, recebeu da secretária executiva da Secretaria de Economia, Adriana Faria, parte das doações, 541 cestas.

Segundo o Frei Rogério Soares, as cestas ajudarão várias famílias de todo o Distrito Federal já cadastradas pelo serviço. “Agradecemos e reconhecemos tanto o trabalho da Secretaria de Economia quanto do Sindicato. As doações chegaram às mesas dos mais necessitados”, garantiu o Frei.

Para Adriana Faria, a solidariedade da sociedade brasiliense tem feito a diferença na vida de muitas pessoas, pois as doações têm alcançado um volume além do esperado. “Agradecemos o apoio do serviço fraterno para fazer chegar o alimento a quem mais precisa e ao Sindiatacadista/DF por ter abraçado o nosso apelo”, declarou.

Ação corrobora a proposta da campanha social do Instituto ABAD deste ano, SEM ABRAÇO, MAS COM SOLIDARIEDADE, que visa auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade, agravada pela pandemia do novo coronavírus. CLIQUE AQUI e saiba mais sobre a campanha.

  • Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *