Confaz autoriza SP a abrir parcelamento com redução de multa e juros

Programa é valido para débitos fiscais relacionados ao ICM e ao ICMS ocorridos até 31 de maio de 2019

No dia 10/10/2019, foi publicado Convênio que autoriza o Estado de São Paulo a instituir programa de parcelamento de débitos fiscais relacionados com o ICM e o ICMS e dispensar ou reduzir suas multas e demais acréscimos legais, decorrentes de fatos geradores ocorridos até 31 de maio de 2019, constituídos ou não, inscritos ou não em dívida ativa.

Poderão ser incluídos na consolidação os valores espontaneamente denunciados ou informados pelo contribuinte à repartição fazendária, e que poderão ser quitados com descontos de 75% (setenta e cinco por cento) das multas punitivas e moratórias e de até 60% (sessenta por cento) dos demais acréscimos legais, de acordo com a quantidade de parcelas.

Desta forma, o Estado de São Paulo deverá editar nos próximos dias legislação instituindo o parcelamento em que regulamentará os prazos e condições do programa.

Nesse sentido, este programa concede grandes benefícios para que os contribuintes possam liquidar seus débitos e regularizar sua situação fiscal.

Outras informações sobre este tema podem ser obtidas com a DBA – Dessimoni e Blanco Advogados, assessoria jurídica da ABAD, pelo e-mail juridico@abad.com.br ou pelo telefone (11) 3071-0930.

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.