ABAD celebra com parlamentares ano de conquistas e planeja 2020

  • Compartilhar
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O presidente Emerson Destro e demais membros da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs) participaram na quarta-feira (11) de almoço de encerramento dos trabalhos de 2019 da Frente Parlamentar de Comércio, Serviços e Empreendedorismo (FCS), em Brasília. Na ocasião, o deputado Efraim Filho (DEM/PB), presidente da FCS, destacou o momento vivido pela democracia brasileira e, com otimismo, disse que há muito o que comemorar.

“Tivemos um ano de vitórias em agendas macroeconômicas, com a aprovação, por exemplo, da reforma da Previdência, que deu vigor a investidores e ao mercado interno e externo, além de colocar o Brasil no rumo do desenvolvimento, e de agendas microeconômicas, como a Lei da Liberdade Econômica, que aponta nortes para o exercício dos negócios no Brasil. Estamos caminhando para um Brasil construído pela sociedade, com protagonismo do Legislativo”, declarou.

O deputado destacou, ainda, a relação da FCS com o setor produtivo brasileiro, definindo a Frente como um canal de comunicação entre os empresários e o parlamento. “A Unecs tem feito um trabalho essencial de agenda e posicionamento. A gente sentia carência disso, de que eles tivessem vez e voz. O debate dos grandes temas nacionais, principalmente no setor de comércio e serviços, hoje tem embasamento”, disse.

O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, que também esteve no evento, definiu 2019 como um ano de trabalho conjunto, e citou algumas das pautas emblemáticas para o setor de comércio e serviços: o Cadastro Positivo, a Empresa Simples de Crédito, a reforma da Previdência e a Lei da Liberdade Econômica. “Juntos, nós estamos transformando o Brasil”, aponta.

O secretário destacou dois marcos que chamou de “um novo Brasil”: o diálogo, do governo com o Congresso Nacional e o setor produtivo, lembrando a luta para que o empresário não seja mais tratado como vilão, mas que tenha orgulho da atividade que exerce. “Estamos abertos para construir um país convergente, democrático e de diálogo”, salientou.

Por fim, Carlos da Costa citou objetivos para 2020: melhorar o ambiente de negócios, reduzindo o custo Brasil; melhorar a concorrência; fazer investimento em infraestrutura privada; qualificar mais a mão de obra; valorizar a transparência; e construir um Brasil novo, mais produtivo, gerando emprego e renda.

Já o presidente da Unecs e da CACB, George Pinheiro, afirmou que os empresários têm hoje uma visão mais participativa na política, se aproximando mais dos deputados e senadores. “Em 2020 vamos continuar lutando pela aprovação de projetos que não são nossos, mas de interesse do Brasil”, ponderou.

O presidente Emerson Destro classificou 2019 como um ano muito desafiador: de muito trabalho e muitas conquistas. “Trilhamos um caminho de construção e convencimento dos parlamentares em relação aos pleitos importantes para o setor produtivo. E 2020 será igualmente desafiador, já que temos a missão de participar desse processo de melhorias e mudanças. É importante frisar que existe um excesso de regulação no país e precisamos rever leis, normas e decretos para que ter um ambiente de negócios melhor, que vai gerar emprego e renda”, disse.

Emerson Destro estava acompanhado dos líderes regionais Renato Moreira da Silva (Centro-oeste), Antônio Alves Cabral (Nordeste), deputado Osires Damaso (Norte), do presidente da Filiada Estadual ASPA/PE, José Luiz Torres, e do assessor jurídico Alessandro Dessimoni.

MP do Contribuinte Legal

O deputado Marco Bertaiolli (PSD/SP), presidente da Frente Parlamentar das Associações Comerciais, chamou a atenção para a MP 899/2019, chamada de Contribuinte Legal, que dará oportunidade a todas as empresas com débito de parcelarem, reestruturarem e reequacionarem sua vida financeira, exceto as micro e pequenas empresas optantes pelo Simples Nacional. “Precisamos unir as entidades para que, juntos, possamos corrigir essa distorção e proporcionar a mesma condição para todos”, advertiu.

Foto: Suelem Lima/CACB

 

  • Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2020 I ABAD - Todos os direitos reservados.

Play Video

Protocolo de Funcionamento

A ABAD preparou um protocolo formal para ajudar o setor atacadista e distribuidor a implementar as medidas de prevenção para evitar possíveis impactos do Covid-19 na empresa, nos funcionários e colaboradores e nas relações jurídicas. Clique na animação para vizualizar: