Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

ABAD entrega propostas para desburocratização ao Ministério da Economia

Durante solenidade, presidente Emerson Destro repassou ao representante do órgão uma lista com sugestões do setor

Durante a solenidade de abertura da 39ª Convenção Anual do Canal Indireto – ABAD 2019 ATIBAIA, realizada na noite desta terça-feira (23), o presidente da entidade e anfitrião do evento, Emerson Destro, entregou a representante do Ministério da Economia propostas do setor atacadista para a desburocratização.

Fábio Augusto Luiz Pina, subsecretário de Desenvolvimento de Comércio e Serviços da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, representando o secretário Carlos Alexandre Jorge da Costa, recebeu das mãos do presidente Destro um documento elaborado pela ABAD e suas filiadas estaduais com as propostas e sugestões do setor para iniciativas de desburocratização que visam impulsionar a atividade empreendedora no país.

Ele agradeceu a contribuição do setor e prometeu para muito breve, cerca de duas semanas, um pacote de medidas nesse sentido que devem dar um novo ânimo ao setor produtivo. “São medidas de simplificação focadas na indústria e do comércio, que conseguimos implementar sem ter de passar pelo Congresso e que farão toda diferença na vida do empresariado.”

Pina disse ainda que a intenção do governo, nos próximos dez anos, é baixar a carga tributária para um percentual próximo de 20% do PIB, mas que “só e possível falar em reforma tributária se for equacionada a questão da Previdência, que foi acertadamente escolhida por esse governo como a primeira batalha a ser vencida. E será vencida, mas para isso é fundamental o apoio dos senhores”, reforçou. “Esse apoio nos ajudará a implementar o projeto de um Brasil muito melhor, com uma organização burocrática e tributária que atraia o empresário, e que não apavore todos, como tem sido nos últimos anos”, finalizou.

Destro também destacou a atuação política da ABAD, em parceria com a UNECS (União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços), que tem colocado o peso dos setores de comércio e serviços em prol da aprovação das medidas que o setor considera relevantes para o país.

CLIQUE AQUI para ver a íntegra do documento com as propostas do setor atacadista e distribuidor.

O evento, que acontece entre os dias 23 e 25 de abril, conta com o apoio de importantes empresas, entre grandes indústrias de bens de consumo e os principais fornecedores de produtos e serviços para o setor. Conheça todos os patrocinadores:

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.